Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Frida Kahlo’

Apesar de tudo que você diz, eu gosto dessa solidão no ateliê, solidão que no fundo não passa de uma revisita à minha própria individualidade, dando a sensação de liberdade entre quatro paredes. Mas, se você quiser ser uma com essa minha liberdade, há espaço para dois. E uma liberdade ainda maior nascerá disso, já que a sua protegerá e aumentará a minha, espero, e vice-versa.

O trecho acima é uma tradução da Folha de São Paulo de uma das 35 cartas enviadas pelo revolucionário Marcel Duchamp à sua amada, a brasileira Maria Martins.  Ele, o dadaísta irreverente que questionou todos os valores do mundo pós-guerra.  Colocou bigodes na Gioconda de Leonardo para criticar a apreciação do senso comum e assinou objetos do cotidiano transformando-os em arte para criar o conceito do ready made. A sorte da arte conceitual estava lançada. Ela, moça fina da alta sociedade.  Escultora surrealista incompreendida no Brasil dos concretistas. Recebia boas críticas, no entanto, na Europa encantada com os mitos amazônicos e ancestralidade tropical – temas recorrentes em sua obra.

"O Impossível" - Maria Martins

"Monalisa" - Marcel Duchamp

Ela era casada com o diplomata Carlos Martins Pereira e Sousa, mas ambos (dizem) mantinham uma relação aberta, o que permitia relações extraconjugais sem muito drama.  Maria manteve, então, uma relação íntima com Duchamp que a ajudou na carreira internacional e com quem dividia detalhes de seu processo criativo. No ano passado o Philadelphia Art Museum publicou um livro com todas as cartas guardadas pela família de Maria. Uma leitura que verve aprova.

(mais…)

Anúncios

Read Full Post »

Unhas vermelhas, o vaso com copos de leite e uma biografia de Frida Kahlo. Mariana Kraemer é definitivamente uma mulher de verve. A gaúcha mora em São Paulo desde os 23 anos onde montou um escritório de cenografia e design de interiores. O resultado da sensibilidade de uma bailarina que estuda história da arte só podia ser positivo. Um dos projetos de sucesso foi o restaurante MANI – ponto de encontro dos bacanas da cidade.

(mais…)

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: