Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \31\UTC 2010

Escutar Nouvelle Vague, a banda francesinha, cujo nome refere-se a um movimento do cinema francês na década de 60, é sempre uma delícia… Mas a gente ama mesmo é o vídeo de “Dance with me”.

Read Full Post »

Verve curte um tempo longe das cidades grandes para refletir um pouco. Portanto,  se você ainda não tem programa para este final de semana, o destino é a Serrinha, na região de Bragança. Explicamos: são os últimos dias do Festival de Arte Serrinha.

O festival, que acontece durante todo mês de julho, propõe uma pausa na dinâmica da vida contemporânea e um  encontro entre pessoas que gostam de música, cinema, artes plásticas, moda, fotografia, gastronomia, literatura  e natureza.

(mais…)

Read Full Post »

Verve ama Edith Piaf. E este vídeo fofo é perfeito para o fim de semana: Existe algo mais inspirador do que o próprio amor (especialmente com um final feliz em Montmartre)?

A letra com tradução você pode conferir aqui.

Read Full Post »

Jean Larivière é um fotógrafo francês que ganhou fama por colaborar em revistas de moda como Vogue Francesa, Citizen K, Elle, Marie Claire e Cosmopolitan.



Na verdade, ele estudou Belas Artes e sempre se propôs a estudar formas da fotografia, pintura e animação. Nos anos 60, chegou a fazer um filme de animação chamado Jamais toujours com Roger Vadim – diretor de Barbarella – e Roberto Matta – importante pintor do movimento surrealista que chegou a trabalhar com André Breton e Le Corbusier.

Foi somente na década seguinte que ele descobriu a fotografia e começou a preencher o currículo com grandes nomes da moda como Lanvin, Nina Ricci, Charles Jourdan, Pierre Cardin e Van Cleef&Arpels.  Larivière é conhecido, no entanto, pelas campanhas que fotografou para a Louis Vuitton – uma história de amor que durou 20 anos e passou por 17 países. Em 1985, as viagens com a equipe da LV acabaram virando um belo livro: Vuitton : un tour du monde pour des images de marque.

(mais…)

Read Full Post »

Preços Especiais Verve

Descontos de até 70% | Coleções passadas

Calcinhas a partir de R$ 23,00 | Sutiãs a partir de R$ 40,00

De 28 de Julho a 07 de Agosto ou enquanto durarem os estoques

Formas de pagamento: cheque | dinheiro | débito

* Não trocamos peças de liquidação *

Read Full Post »

Tea time

Adoramos tomar um cafezinho durante o dia para dar um up, mas chic mesmo ( com C maiúsculo ) é fazer como os ingleses: tomar o ‘chá das cinco’. O evento parece ter sido organizado pela primeira vez pela Duquesa de Bedford como uma oportunidade de exibir suas maravilhosas peças de porcelana e prata, mas a verdade é que os sábios orientais já apreciavam a bebida, pelo seu sabor e qualidades medicinais, há muito tempo e hoje sabemos que existem chás específicos para qualquer hora do dia!

O caráter chinês para chá é 茶 e significa ‘apanhar, colher’, mas tem duas formas distintas de se pronunciar. Uma é ‘te’ que vem da palavra malaia para a bebida. Outra é usada em cantonês e mandarim, que soa como ‘cha’ mesmo. Esta duplicidade fez com que o nome do da bebida se dividisse em dois grupos:

Línguas que usam derivados da palavra Te: alemão, inglês, dinamarquês, hebraico, húngaro, finlandês, indonésio, italiano, letão, tamil, sinhala, francês, holandês, espanhol, arménio e latim científico.

Línguas que usam derivados da palavra Cha: hindi, japonês, português, persa, albanês, checo, russo, turco, tibetano, árabe, vietnamita, coreano, tailandês, grego, romeno, swahili, croata.

O primeiro chá foi preparado pela infusão de folhas, flores, raízes da Camellia sinensis (planta nativa da China e Índia).  Esta planta era popularmente chamada de chá e o nome acabou sendo generalizado para esse tipo de bebida.  Hoje a folha da Camellia é usada para fazer o Mancha.  Super tradicional no Japão, o mancha é a bebida oficial da cerimônia do chá, o chamado chanoyu.

(mais…)

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: