Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Arte’ Category

David Gómez mora em Barcelona, é fotógrafo, ilustrador, foi convidado para criar as estampas da coleção de Manuel Bolaño, e atualmente cuida dos anúncios impressos da marca American Apparel.

Gómez usa sua inspiração e criatividade para transformar tudo em cores, formas geométricas e variedade.

Anúncios

Read Full Post »

Ele é  francês, radicado em Israel, e resolveu interpretar o Kama Sutra de forma bem minimalista e super atual. Julien Roux utilizou hidrocor e poucas linhas para a sua série Eroticly Correct. Erotismo em versão safe for work.

Read Full Post »

A britânica Charlotte Mann é conhecida por suas detalhadas obras de arte em tamanho real. Suas instalações decoram os ambientes e dão vida a paredes brancas que mudam completamente de personalidade após suas intervencões.

Numa instalação personalizada, a artista leva ainda em consideração as dimensões dos espectadores e do ambiente, para que as perspectivas fiquem ainda mais perfeitas.

A gente só ficou se perguntando: onde serão guardados os objetos de quem mora nesse apartamento?

 

Read Full Post »

Michael Taylor: fotógrafo irlandês que explora luz e sombra através de telas, digamos…inusitadas. Mulheres se tornam obras de arte e suporte para diversas projeções iluminadas. Taylor acredita que a luz é capaz de construir tudo, nós concordamos, nesse caso ela formou fotografias incríveis.

Read Full Post »

Deborah Colker é uma de nossas maiores representantes na dança. Depois de levar insetos gigantes e a infinita fauna e flora brasileira para o Cirque du Soleil com o espetáculo Ovo, Deborah volta aos palcos do Teatro João Caetano para temporada popular. Tatyana estréia no próximo dia 16 e os ingressos já estão à venda.

Inspirada em ”Evguêni Oniéguin”, do russo Alexandr Púchkin, publicado em capítulos entre 1823 e 1830, é a primeira vez que a coreógrafa conta uma história com começo, meio e fim. Estamos ansiosas para ver de perto o resultado.

Read Full Post »

Sua biografia é minimalista: Langdon Graves – uma menina de Virginia que mora no Brooklin. E assim como sua biografia, as ilustrações de Langdon não necessitam de muita informação, se comunicam bem com pouco.

São desenhos delicados, com recursos gráficos modernos, dando às personagens essa mistura de texturas que é sua assinatura. Formada na Parsons (NYC), ela já esteve em dezenas de exposições pelo mundo, e agora dá o ar de sua graça no nosso blog.

Read Full Post »

Utilizando aquarela, cores vivas e traços delicados, a francesa Lorene Abfayer mistura pássaros e formas humanas em sua exposição Birds don’t cry.

Se você estiver em Paris até o dia 20 de março, pode conferir ao vivo a exposição da Galerie Rue de Beauce, mas é preciso marcar hora através do email ruedebeauce@gmail.com.

Para que cada personagem tenha sua identidade, a artista desenha 3 originais até que o desenho fale por si mesmo, e assim seus desenhos tomam vida. A gente promete que não vai usar a expressão “deu asas à imaginação”. Mas dá vontade.

 

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: