Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \15\UTC 2010

Desejo: coleção Egito

Algumas páginas do lookbook da Verve para você  sonhar…e correr para as lojas!

Read Full Post »

Paulo Borges, responsável pelas duas mais importantes semanas de moda no país, declarou oficialmente que a semana de moda em São Paulo valoriza a pesquisa do design de moda brasileiro.
“Não se pode pensar apenas no mercado: a SPFW tem de ser a plataforma de valorização do design e da pesquisa de moda. Enquanto o Fashion Rio traduz o life style e a beach wear nacionais, São Paulo é mais calcada no estudo do design”  – disse ao Estado de São Paulo. Por este motivo, o evento apóia, há quatro anos, uma programação paralela a fim de discutir a moda brasileira e sua relação com a arte contemporânea: o ziguezague. Nesta edição, as palestras giraram em torno do expressionista antropofágico Flavio de Carvalho.

Conhecido, junto a Helio Oiticica, por ser um nos precursores das chamadas performances (chamadas por ele próprio de “experiências”), Flávio era também engenheiro- arquiteto, artista plástico, figurinista e ainda escreveu ainda artigos questionando a moda como fenômeno social. UFA. Um típico artista do século XX. Além dos retratos de amigos conhecidos como Cacilda Becker e Carlos Drummond de Andrade, ele fez algumas séries de desenhos – misturando nanquim com aquarela – de mulheres que a Verve adora.

(mais…)

Read Full Post »

Começou ontem o SPFW com atrações para todos os gostos. Belos desfiles prometem encher os olhos dos fashionistas que passarem pela Bienal até o dia 14 de junho, mas o que a Verve gosta mesmo são das Pop Up Stores que já viraram tradição no evento. A loja do Bispo participa há algumas estações e é, sem dúvida, um hot spot dos antenados que vale a pena conhecer.

Idealizada pela artista plástica Pink Wainer (filha de Danuza Leão), a loja do Bispo vende objetos de decoração e livros super inspiradores e conceituais, definidos pela própria Pink como “arte efêmera”, pois são objetos baratos e, ao mesmo tempo, limitados (são numerados e algumas vezes únicos).

Como toda obra de arte, os produtos da Bispo são sempre irreverentes, instigantes e questionadores dos conceitos do mundo contemporâneo. Um bom exemplo disso é a fitinha distribuída do santo das novas gerações: o google.

Outra criação da Bispo é a tabela periódica das drogas consumida por grande parte dos moradores da metrópole: desde o vinho, passando para o rivotril, até cocaína.

(mais…)

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: