Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Cinema’ Category

O Future Shorts é um canal incrível no Youtube que merece sua dedicação. Diversos curtas, de toda parte do mundo, podem ser encontrados ali. A gente escolheu Heartwork, vídeo alemão que conta a trajetória de uma mulher e seu coração, que a acompanha. A trilha sonora arrebatadora fica por conta do Trentemøller.

Read Full Post »

Dica doce

A Páscoa é uma época doce, mesmo pra quem está de dieta, e se esse é seu caso, ou você é simplesmente fã de cinema, a gente tem uma dica de filme para aproveitar o feriado no conforto da sua casa. Caramelo é um filme de 2007, um chick flick cheio de emoções e que, por ser libanês, foge dos clichês comuns desse estilo de filme americano.

Read Full Post »

Quando chegou a Hollywood, em 1953, Audrey Hepburn não poderia ter imaginado seu enorme impacto na moda e na vida de tantas mulheres ao redor do mundo. O fotógrafo Bob Willoughby foi chamado para retratar a recém-chegada atriz para seu novo filme e então… ” Ela tomou minha mão como…bem, como uma princesa, e me encantou com aquele sorriso que Deus criou para derreter os corações mortais” – relembra Bob.

De lá pra cá foram tantas fotos que foi necessário um livro (recentemente publicado pela editora Taschen) para reuní-las.Bob Willoughby. Audrey Hepburn já está à venda.

Read Full Post »

Benicio é um dos maiores ilustradores (pode dizer do mundo?). Nasceu no Rio Grande do Sul em 1936, passou por agências de publicidade e é responsável por uma boa fatia da identidade visual do cinema nacional. Os cartazes dos 30 filmes que fizeram Os Trapalhões, por exemplo, todos dele. E esse aqui debaixo, com a imutável Vera Fischer.

(mais…)

Read Full Post »

Aproveitando o embalo dos making-of‘s (e ainda em francês) lembramos do clássico filme de 1966: Qui êtes-vous, Polly Maggoo? que definiu a estética de muitas meninas de sua época. O filme, escrito e dirigido por William Klein, é uma sátira, que conta a trajetória de uma jovem modelo no mundo da moda. Buscar imagens do longa é uma viagem no tempo divertidíssima.

(mais…)

Read Full Post »

…e por falar em cinema, o Festival Literatura no Cinema começa no próximo dia 23, e além de debates, laboratórios e oficinas, traz também exibições de filmes inspirados em clássicos da literatura. Tem desde obras de Gabriel Garcia Marquez até o recente Malu de Bicicleta, passando por Guimarães Rosa e Machado de Assis. Evento para reunir amantes da sexta e da sétima arte.

Read Full Post »

Terrence Malik escalou Sean Penn e Brad Pitt para o seu mais recente filme, Árvore da Vida, mas nem mesmo eles (ou ainda a palma de ouro que recebeu em Cannes) conseguiram roubar a cena das sequências de imagem que dão o tom de poesia ao longa. Esse vídeo dá só um gostinho do que a gente pode ver em tela grande, som de qualidade e claro, com um saquinho de pipoca pra acompanhar. Vamos ao cinema?

Read Full Post »

O fotógrafo Johannes Bonke e o modelo Sven Schumann (que representou marcas como Prada, Kenzo, Issey Miyake…), ambos alemães, sempre estiveram cercados de celebridades e nomes importantes da moda. O site The Talks, criado por eles, traz uma nova forma de olhar para o escolhido, que muitas vezes está acostumado a responder sempre as mesmas perguntas.

 

Read Full Post »

Outro livro clássico que traz uma super verviana é Lolita do russo Vladimir Nabokov! A moça nasceu no mundo da literatura em 1955 e CAUSOU por conquistar o professor de poesia Humbert Humbert muitos anos mais velho. Em 1962, chegou às telonas no corpo de Dolores Haze sob direção de Stanley Kubrick.

Read Full Post »

Neste final de semana, fomos presenteados com mais uma obra de Woody Allen. Seu último filme (sucesso em Canes) acaba de estrear nos cinemas nacionais e não decepciona: leve e faz pensar. Inclua já Meia-noite em Paris na sua programação para o feriado.

Lembra que a gente recomendou a leitura do Livro Anos 20 anos loucos? No filme, o escritor Gil está visitando Paris com a noiva e vive deslumbrando sobre o passado e como a cidade seria incrível nos anos 20. Um belo dia ( ou melhor, noite) ele acaba em uma festa da cidade da luz e conhece nada mais nada menos que o casal Fitzgerald e…

Owen Wilson está IGUAL ao diretor e vale conferir as participações de Carla Bruni e Alison Pill.

Read Full Post »

Não deixe de conferir este belo filme peruano em cartaz na maioria dos cinemas da cidade. Sutil e tocante, Contra Corrente traz  características da cultura do país ( como ritos, crenças e regras sociais ) e  o dilema do jovem Miguel:o pescador se vê entre sua mulher e filho que tanto ama e a entrega aos braços do amor de sua vida, o pintor Santiago.

 

 

Read Full Post »

Verve curte: Blue Valentine

How do you trust your feelings when they can just disappear like that? – essa é a fala de  Michelle Williams que resume o último (e aclamado) Blue Valentine. A doce história de amor entre Dean e Cindy se transforma em uma grande discussão de como os sentimentos podem mudar e como um casal, mesmo apaixonado, pode simplesmente…não funcionar.

Preparem os lenços para enxugar as lágrimas e assistam Blue Valentine. Verve curtiu.

Read Full Post »

Assista aqui ao novo curta Lagerfeld com atuação de  Freja BehaBaptiste GiabiconiKristen McMenamy Anna Mouglalis ( que apresentamos aqui) – todas queridinhas do diretor criativo da Chanel.

Divirta-se:

Read Full Post »

Verve curte: Grace Kelly

Se você também curte essa musa do cinema ( e super verviana), não deixe de visitar a exposição Grace Kelly – princesa de Mônaco na Faap. Além de ícone de moda, ela virou queridinha de Hitchcock – mestre o suspense.

Confira os vestidos, cartas, joias e outros objetos da moça e  inspire-se.  🙂

Read Full Post »

Advogadas, jornalistas, médicas, estilistas, atrizes…cada mulher verve tem uma personalidade e vive, muitas vezes, mundos completamente diferentes uns dos outros. Mas atire a primeira pedra quem não cantou músicas de Legião Urbana ou Paralamas do Sucesso nas décadas de 80 e 90.

E é pensando nessa história de sucesso do rock nacional que René Sampaio dirige o filme inspirado em Faroeste Cabloco! Com apoio da Gávea Filmes, Faroeste Cabloco –  um dos filmes mais aguardados do ano – ainda está em fase de produção e conta com a participação de Verve no figurino. Com a promessa de ser fiel às locações descritas por Renato Russo na letra da música, a história de ” um tal de João de Santo Cristo” terá grandes atores como Isis Valverde como Maria Lúcia ( vai usar Verve!!) , Fabrício Boliveira (Santo Cristo) e Felipe Abib (Jeremias). E ainda Lázaro Ramos, Vladimir Brichta, Chico Diaz, Ana Beatriz Nogueira, Louise Cardoso, Marcos Caruso, Léo Rosa, entre outros.

Isis Valverde

Fique com a música na voz de Renato que jájá damos mais detalhes sobre essa parceria de Verve e o cinema nacional.


Read Full Post »

 

As Damas do Bosque de Bolonha

As Damas do Bosque de Bolonha

Já ouviu falar na nouvelle vague? Basicamente ( e de forma bem simplificada aqui) foi um movimento do cinema Frances que desejava restabelecer o conceito de “cinema de autor” que vigorou na França até o início da década de 30. O formato? montagens inesperadas, originais, sem concessões à linearidade narrativa. O tema? amoralismo, típico da época, para discorrer elegantemente sobre os temas existenciais de sua sociedade.

Se você se encanta pelo assunto e por outras fases marcantes do cinema francês, não deixe de conferir “Amor à Francesa” – festival de cinema francês em clima retro organizado pelo Consulado da França em parceria com a cinemateca do MAM.

Com uma programação bem diversificada, você poderá conferir desde clássicos como As Duas Inglesas e o Amor de Truffaut e As Damas do Bosque de Bolonha de Robert Bresson até o ainda fresco Má Fé, de Roschdy Zem.

Confira a programação abaixo e não deixe de passar lá! É para suspirar, chorar e se apaixonar.

As Duas Inglesas e o Amor

As Duas Inglesas e o Amor

 

 

8.04 – sexta-feira
18h30 – Má fé (Mauvaise foi) de Roschdy Zen. França, 2006. Com Cécile de France, Leila Bekhti, Pascal Helbé. Legendas em português. 88’.
9.04 – sábado
16h – As grandes manobras (Les grandes manouvres) de René Clair. França, 1955. Com Brigitte Bardot, Gerard Philippe, Jean Dessailly. Legendas em português. 107’.
18h – O Inferno do ciúme possessivo (L’Enfer) de Claude Chabrol. França, 1994. Com Emmanuelle Béart, François Cluzet, Thomas Chabrol. Legendas em português. 98’.
10.04 – domingo
16h – Lola Montès de Max Ophuls. França, 1955. Com Martine Carol, Peter Ustinov. Legendas em português. 115’.
18h – Um dia no campo (Une partie de campagne) de Jean Renoir. França, 1936. Com Gabriello, Georges Darnoux, Jacques B. Brunius. Legendas em português. 41’.
14.04 – quinta-feira (sessão latina)
18h30 – El elefante y la bicicleta de Juan Carlos Tabio. Cuba/Grã-Bretanha, 1994. Com Luís Alberto García, Lillian Vega, Raúl Pomares. 81’. Complemento – Cien años de juventud.
15.04 – sexta-feira
18h30 – Destinos sentimentais (Les destinées sentimentales) de Olivier Assayas. França, 2000. Com Oliver Perrier, Charles Berling, Emmanuelle Béart. Legendas em português. 180’.
16.04 – sábado
16h – O Cavalheiro do telhado e a dama das sombras (Le Hussard sur le toit) de Jean-Paul Rappeneau. França, 1995. Com Juliette Binoche, Oliver Martinez. Legendas em português. 120’.
18h – O joelho de Claire (Le genou de Claire) de Eric Rohmer. França, 1970. Com Fabrice Luchini, Jean-Claude Brialy. Legendas em português. 105’.
17.04 – domingo
16h – A discreta intimidade de uma mulher (Le discret) de Christian Vincent. França, 1990. Com Fabrice Luchini, Judith Henry, Marie Bunel. Legendas em português. 95’.
18h – Madame Bovary de Claude Chabrol. França, 1991. Com Isabelle Hupert, Christophe Malavoy, Jean Yanne. Legendas em português. 140’.
23.04 – sábado
16h – E Deus criou a mulher (Et Dieu crea la Femme) de Roger Vadim. França, 1956. Com Brigitte Bardot, Curd Jurgens, Jean-Louis Trintignant. Legendas em português. 92’.
18h – Minha noite com ela (Ma nuit chez Maud) de Eric Rohmer. França, 1969. Com Anne Dubot, Françoise Fabian, Guy Léger. Legendas em português. 110’.
24.04 – domingo
16h – A Falsa servente (La Fausse suivante) de Benoît Jacquot. França, 1999. Com Mathieu Amalric, Sandrine Kiberlain, Isabelle Hupert. Legendas em português. 90’.
18h – Marie-Jo e seus dois amores (Marie-Jo et ses deux amour) de Robert Guédiguian. França, 2001. Com Ariane Ascaride, Gerard Meylan, Jean-Pierre Darroussin. Legendas em português. 124’.
28.04 – quinta-feira
18h30 – Mi vida em tus manos de Nuno Beato. Portugal, 2009. 9’. Na escola de Jorge Cramez. Portugal, 2010. 21’. Espelho lento de Solveig Nordlund. Portugal, 2009. 23’. Alfama de João Viana. Portugal, 2010. 15’.
29.04 – sexta-feira
18h30 – Carmen de Godard Prénom (Carmen) de Jean-Luc Godard. França, 1983. Com Maruschka Detmers, Jacques Bonnaffé. Legendas em português. 80’.
30.04 – sábado
16h – Uma cama para três (Gazon maudit) de Josiane Balasko. França, 1994. Com Alain Chabat, Anémone, Catherine Lachens. Legendas em português. 105’.
18h – O amigo de minha amiga (L’Ami de mon amie) de Eric Rohmer. França, 1987. Com Legendas em português. 103’.

Read Full Post »

Filmes e design

Super legal esse videos mostrando a tipografia das apresentações de filmes ao longo da história do cinema! Vale assistir e conferir esta evolução estética. E a pergunta ficar no ar: quantos destes filmes você já assistiu?

 

Read Full Post »

Lembra que a gente falou aqui sobre o filme  que garantiu o leão de outro de melhor atriz à Juliette Binoche? Pois é. Já chegou aos cinemas nacionais Biutiful: o filme must see e pelo qual Javier Bardem levou a estatueta de melhor ator em Cannes.

Do mesmo diretor de 21 Gramas, Amores Brutos e Babel, o filme mostra a estória ( forte ) de uma Barcelona miserável e um homem que não quer morrer. Promete mexer com qualquer um, mas precisa estar na listinha do final de semana.

A dica é escolher um dia bem light para digerir tudo com calma. 🙂

Read Full Post »

Já falamos aqui que Verve ama muito a Pina Bausch. E parece que Win Wenders ouviu nossas preces e lançou seu mais novo documentário sobre a bailarina. O filme está no festival de Berlim e estamos super ansiosas para ver o resultado.

Por enquanto fique com o trailer:

Vale lembrar que o estilista Ronaldo Fraga também fez sua homenagem a Pina.

O filme deve demorar a chegar ao Brasil, mas a boa notícia é você já pode garantir seu ingresso para a apresentação de sua Cia em Abril. Corre!

Read Full Post »

Vale a pena conferir o último filme de Arnaldo Jabor, Suprema Felicidade, para viajar ao Rio de Janeiro dos anos 40s e se envolver pelo belo trabalho de interpretação de Mariana Lima: mãe, uma bela mulher que tudo sacrificou por amor e  virou uma dona de casa amargurada. Ela sofre e questiona para onde foi amor que o marido e ela sentiam um pelo outro.

Tammy di Calafiori, por sua vez,  entra como a  “virgem no bordel” e encarna Marilyn Monroe. A atriz conheceu prostitutas que dão duro para sustentar a família e outras que fazem programa porque gostam. Valeu o esforço.

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: