Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \30\UTC 2010

Já explicamos aqui o quando os ballets russos foram importantes para a história da dança,ne? Então, se você estiver de bobeira, vale  conferir o documentário com os bailarinos!

E aproveite o Festival de cinema do Rio para ver O Último sonho de Pina Baucsh. Fica a dica!

Anúncios

Read Full Post »

Você já deve ter percebido que o clima do nosso verão estará envolvido por muita dança. Pois bem. Acaba de sair do forno a estampa Giselle, inspirada no ballet romântico do século XIX. Aqui no blog a gente mostra um preview das coisas lindas que estamos preparando! Gostou?

Estampa Giselle

Tule de estampa Giselle e elástico aço

Read Full Post »

Já conferiu a programação do Festival de Cinema no Rio? Depois de causar polêmica em Veneza, Somewhere de Sopia Coppola chega ao Brasil e promete ser um dos filmes mais concorridos do Festival. O filme, um triste retrato sobre a fama em Hollywood, consagra a diretora que já ganhou prêmios por outros filmes que a verve curte muito como Maria Antonieta, Encontros e desencontros e Virgens Suicidas.

Programe-se!

Read Full Post »

Novos clássicos

A gente já falou aqui que ama a Edith Piaf. Agora o hit do escritório são os vídeos desse casal fofo que anda rodando o youtube. Eles fizeram uma versão super delicada de La vie en rose e outros clássicos que a gente curte muito como Ain’t no sunshine, Mrs. Robinson, I don’t wanna miss a thing, Beat it. Gravaram ainda uma versão cool de pops como Single Ladies e Telephone. Dica para o fim de semana!

E por falar em clássicos re-gravados, Verve também amou o projeto da Levi’s : Levi’s Pioneer Sessions. Explicamos. A marca de jeanswear está de olho nos cantores e bandas modernês como The Kills e The Shins. A ideia é convidá-los para regravar alguma música de sua lista top 5 particular. Só rendeu coisa boa. Gente de verve é gente que faz.

Entre no site aqui para baixar a sua preferida!

Read Full Post »

Não tinha como a gente fazer uma coleção inspirada em dança sem pensar em Vaslav Nijinsky, Léon Bakst, Sergei Diaghilev e Igor Stravinsky: a trupe que revolucionou a dança abrindo portas para o mundo moderno e experiências corporais e visuais que tanto marcaram a vida cultural do século XX. Estamos falando dos ballets russos que marcaram a década de 20 e encantaram grandes estilistas como Coco Chanel e Yves Saint Laurent.

Nijinsky era a estrela mór. Principal bailarino das obras coreografadas por Diaghlev, ele praticamente nasceu no palco, pois seus pais também viviam dançando e atuando pelos circos e teatros da Polônia.  Diz a lenda que o menino Nijinsky se apresentou pela primeira vez aos quatro anos e não parou mais! Ele marcou a história do balé conciliando muita técnica com um poder de sedução irresistível. A platéia delirava com seus saltos, caras e bocas.

Não tinha como não se envolver. Os cenários chegaram a ter participação de Picasso e Léon Baskt era um artista plástico responsável pelo desenho dos figurinos tão hipnotizantes e revolucionários para a época. Cores fortes versus esmaecidos. Novas formas e novos movimentos. Já dá para imaginar a reação do púbico que estava acostumado a ver os tchutchus rosas de Lago dos Cisnes,ne?


E parece que eles estão fervendo de novo no mundo da moda. O famoso museu V&A acaba de fazer uma exposição Diaghilev and the Golden Age of the Ballets Russes e a vogue inglesa de outubro chegou com um editorial LIN-DO à la ballets russes style. O fotógrafo já é nosso queridinho há algum tempo: Tim Walker.

Se você tem uma viagem a Londres programada, anote a dica. Se vai ficar por aqui mesmo, corra para as bancas e compre a nova edição da vogue inglesa.

Outra dica é o filme ( ainda em cartaz) sobre o romance entre Chanel e Stravinsky que a gente já tinha falado aqui. Coisa intensa e bonita demais!

Quer conhecer mais sobre os ballets russos e os anos loucos? Verve indica o livro “Cadernos de Nijinsky” da editora Francisco Alves.

Read Full Post »

Verve curte:Lisa Hannigan

Read Full Post »

Ele estudou história no Senac e moda no Senai. A especialização em desenho foi na Italia e trouxe referências como Erté, Antonio Lopez, Kojiro Kumagai , do Boris Valejo e J. Carlos. Ganhou vários prêmios, faz desenhos lindos e nas horas vagas, garante suspiros aqui no escritório quando traz referências e conceitos. Falo de Sebatião Raphael, nosso consultor de imagem e responsável pela bela coleção masculina. Estilo é consistência, contundência, coerência, advertência, paciência e persistência; o resto também rima com conceito.” – diz ele.

Falamos sobre Até o fim do mundo e A vida é bela. Escutamos Tom Jobim enquanto ele divagava sobre Grande sertão veredas. Imagens, sons, palavras. “Sou capaz de lembrar do primeiro caco de telha terracota com que  desenhei na calçada  a figura de uma flor. Talvez  aí resida o início de minha poética: é possível construir beleza com o simples mas para tanto é necessário que saibamos ser bastante complexos e dessa mistura talvez nasça o sofisticado, o construtivo e o estético.”

Erté

Além de talentoso, Sebastião é um homem de verve e a gente curte muito. Ao receber o convite para nos dar uma consultoria, não perdeu a piada: “Nunca usei uma lingerie…não sei se por medo ou por coragem.”. Todos riram e partimos para a análise do mix. “Repensar uma idéia de homem faz você se sentir mais homem.”. Além de passar tardes maravilhosas com a gente, ele ainda participou do projeto CIND ERA BELA , UMA REALIDADE FABULOSA,  coordena  o Estilo e Branding da marca Claudia Simões e tem um  Projeto de Reciclagem de Insumos Texteis junto a  Universidade Federal Fluminense.  Como pode perceber, a palavra é movimento.  Então, vamos dançar?

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: